quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Susurros

Em um caminho cercado
por tristezas tento encontrar a liberdade
que me enterrou aqui,em um túmulo tão vazio
tantas velas para iluminar meu mundo
mas a luz parece não querer me encontrar.
Já não tenho apenas meu sangue dentro de mim
nem meus próprios medos são só meus
e tudo parece morrer assim.
Oh!Essas vozes que me chamam
me dizem pra segui-las
mas aquele frio me incomoda
congelando meus sonhos.
Não vejo as cicatrizes em meus olhos não sinto
que estejam em mim,
mas outra voz parece ser verdadeira
ao dizer que está próxima a liberdade!
Apenas chorando entre as minhas cinzas esperando as minhas
asas.

Sem comentários:

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .