terça-feira, 31 de março de 2009

Exprimindo através de músicas os meus sentimentos bloqueados

boa noite cibernautas!
Hoje apareci para postar uma mensagem acerca da lista de hiperligações de músicas que tenho ao lado.
Depois de um certo tempo de ausência,apareci novamente, agora em plena férias de páscoa.
Tenho andada muito chateada,desanimada e desencantada especialmente com a disciplina de área projecto. Nós somos 5 alunas e o grupo anda dividido em três de um lado e duas do outro. Eu estou com duas colegas que são apegadas uma á outra, estão convencidas que quanto mais produtos finais fizermos mais a avaliação sobe (confundem qualidade com quantidade), mas de facto o que aumentou foi o portfólio (de lombada grande) que já são dois e a "palha para burro comer"(as resmas) que produziram e que não têm ligações lógicas de modo a constituir um trabalho só. Fazem de tudo para enganar a stôra! E ainda há sondagens por distribuír e as redacções por verificar,uma vez que elas postaram por todos os pavilhões a publicidade da melhor redacção ganha um mp3, dah-ah! São autenticamente "tias de Cascais" e víboras,foda-se, tudo para dar nas vistas, até o nome do nosso grupo "neutrae imagines" em latim!!! ( Para quê vou contestar se uma delas vai arranjar argumentos?)foda-se que caralhos dos diabos onde estou metida!!!
Agora estou para ver como vamos conseguir acabar tudo em um mês e meio...não podemos fazer o jornal ou a apresentação final sem contar as sondagens sobre os grupos e discriminação. A única vantagem é que a nossa escola está em obras e espero que haja poucos recursos para a apresentação em powerpoint á comunidade,e era benfeito,estaria tudo estragado ás merdas das "tias"!!! Eu não me quero chatear com ninguém porque elas não são de confiança nem imparciais,são víboras e falsas,foda-se caralho,tenho vergonha de estar no grupo delas até ao fim do ano. E uma delas é demasiado perfeccionista, não sei porquê se a nossa stôra de a.p. não regista o nosso portfólio e mal vê o conteúdo...e está constantemente a discutir connosco e a mandar fazer mais trabalhos sem dar indicações nem nada...é horrível!!! Depois nunca assume que não é stôra de aulas práticas e que não tem jeito para esta disciplina onde nunca leccionou. Deixou dois elementos mudar de grupo e reajustarem-se a meio do 2ºperíodo,já que elas se manifestaram contra o tema dos grupos, e ainda deixaram trabalhos...se fosse com a stôra Gabriela estaríamos todos alinhados. A nossa cota afirma ser a favor da paz e a seguir diz que não quer que ninguém lute por causa da stôra,GRANDA DAAAAAAAAH-AAAAAAAH!!! Vê-se logo que é a stôra que provoca discussão e não assume e ainda orgulha-se. Sinceramente,área projecto é uma disciplina que gera muita polémica mesmo,faz correr muita "tinta",ehehehe!
Tal como eu sabia isto ía acabar á "luta" ( uma turma de 5 "fantásticas" partida cada um para o seu lado),elas são fúteis e a turma tem vindo a degradar-se por causa disso; e não se esqueçam que é por causa de gente assim que a sociedade está repleta de jovens de baixo nível...isso nota-se cada vez mais nas ruas e nas grandes cidades. A minha turma é apenas uma amostra da futilidade!
Não tenho palavras para exprimir o meu desencanto,desanimo e até uma certa raiva que nutro "eternamente" no fundo do meu silêncio por coisas que acho completamente inúteis de discutir e que não têm por vezes sentido (na vida). Eu só sei que devo ter alma gótica. As músicas que tenho ao lado e as poesias são exactamente a forma que encontrei para exprimir o que eu pretendia.
Eu na realidade, não venho para me chatear com ninguém...área projecto não me convence,muito menos as "tias" ( as acéfalas e ordinárias) só sei que "mais vale um só que mal acompanhado".

sexta-feira, 20 de março de 2009

A caminho da recta final

Boa noite a toda a comunidade blogger!
Apareci hoje para postar um excerto do meu diário acerca da disciplina de área projecto.
Eu estou muito desencantada e desanimada quando penso em a.p. que até fico sem vontade de comer.
Elas as duas conversam muito como as tias de Cascais e a Joana está convencida de que está a fazer o trabalho teórico bem, mas a meu ver ela rejeita essencialmente o importante. (É mesmo parvalhona!). Depois de falarem muito,põem em prática as ideias e não conseguem gerir os vários trabalhos!Isto significa que só têm garganta e são zero de juízo!Elas dizem para eu intervir mais mas não vale a pena porque elas fazem na mesma tudo á maneira que elas entendem.Nós já recolhemos metade das sondagens e a outra metade do calhamaço ficou pendente. Depois elas colaram nos pavilhões os cartazes da publicidade acerca do tema da discriminação.
Como o tempo já se torna escasso, eu aposto que vai ficar metade do trabalho por fazer...elas só produziram resmas para enganar a stôra e fizeram sem pensar!!! (estão convencidas de que vão dar nas vistas,coitadas dessas merdas)
Eu agora quero ver como é que elas (ou nós) vamos conseguir contar todas as sondagens e os trabalhos de escrita e ter tudo pronto a tempo antes da apresentação final...a Joana vê-se mesmo que fala sem pensar e pensa que o mundo gira á sua volta,estúpida da merda! (todos os trabalhos deviam estar sujos para ela chorar como um crocodilo,uma vez que é muito perfeccionista e julga estar num mundo cor-de-rosa)Devia levar uma valente bofetada para ver se deixa de ter a mania da perseguição...nem um discurso sabe preparar num português decente e nem valia a pena quando fomos de sala em sala.Foda-se, caralho raios partam estas tentativas de se fazerem sobressair ( a começar pelo nome do nosso grupo, "Neutrae imagines"!)
Como vamos entrar em férias mais cedo por causa da mudança dos pavilhões, ainda os stôres não sabem exactamente o mapa do novo e de como vai funcionar.Dizem que vai ter um anfiteatro e mais não se sabe. Visto de fora, parece faltar muito para acabar...(era tão bom se não chegássemos a apresentar oralmente!!!) nós este ano estamos em condições especiais e devia haver mais tolerância nas apresentações de a.p.
E a nossa d.t. está completamente "irreconhecível", só sabe mandar fazer mais trabalhos, nem pega no portfólio para ver por dentro!Cota do caraças.Depois vem queixar que o nosso não tem os registos a vermelho.O resto também deixa tudo por nossa conta, assim tudo sem mais nem menos. No dia seguinte vem-nos pedir um trabalho ou relatório feitos da noite para o dia e não quer mais desculpas... então e aquelas aulas onde não fizemos nada e aquelas perdidas com histórias pessoais fúteis que a cota permitiu?
Francamente, este ano a d.t. "não é a mesma"!!! É por isso que está tudo no sistema anárquico e ninguém se entende!
Eu tenho quase a certeza de que se eu estudasse no colégio interno, teria óptimos resultados e nada disto havia de acontecer...estou bastante amargurada com o meu destino...é como se Deus nunca me ouvisse!
Porque será que o ensino nas escolas públicas tem vindo a degradar-se (e pelo menos na minha de tempos em tempos há um aviso a circular acerca dos alunos que levaram conselhos disciplinares)e nas privadas nem uma queixa se ouve? Agora nas escolas quem se safar safou, o resto que se cuide porque os stôres são ignorantes como o caralho.
Gostava mesmo de saber se num colégio os stôres dão confiança aos alunos de uma maneira como a d.t. (eu aposto que não...) eu sempre quis aprender como deve ser...mas enfim, Deus é que manda.

segunda-feira, 16 de março de 2009

Maldita seja eu que nasci!

É assim...a vida nem sempre é como nós queremos...viemos para viver e depois temos que levar com "chicotadas" e quanto mais tentamos fugir, mais apanhamos com o nosso medo e somos obrigados a enfrentar as adversidades.
Eu aqui tenho que me adaptar às circunstâncias da noite para o dia,sem mais nem menos e o pior é que a minha memória não anda a 200 km/h!!!
Este ano é muito constrangedor aprender em sistema de regime anárquico da turma...já temos problemas que cheguem e ainda assim nas condições em que estamos continua a haver os que fazem tempestades no copo de água.
Eu confesso e digo com toda a certeza que se eu estivesse num colégio interno eu teria notas de rebentar a escala;sempre bati neste assunto desde o 8ºano e nunca falho.
O ensino na escola pública tem vindo a degradar-se e das privadas nem uma queixa se ouve.Porque será? Este sistema livre nas salas de aulas só dá problemas e depois tem consequências e pode ser "destruidor" se os stôres não intervêem rapidamente.
Um colégio é o quê?É estudar,comer e dormir (já para não falar em partilhar o quarto) naquele estabelecimento e não fogem daí sem autorização.Assim é que é educação a forte e feio!!!
Este ano "caiu a máscara" a toda a gente que veio comigo de há dois anos até este!!!É o palco da vida real...a vida é injusta,há sempre alguém que nos aborrece e nos desanima por uma merda qualquer e depois temos que levar nas trombas;o justo paga sempre pelo pecador...é assim...o tempo voa num instante,os anos passam,a idade avança e a vida é irreversível e por vezes compensa os nossos pequenos erros.Erros caramba,erros,toda a gente erra ou cai uma vez ou outra na tentação!!! Mas por mim tudo se compensa menos o crime,que já é outra coisa.
É assim...a vontade divina é que reina o mundo,nada aparece de graça,temos que fazer sacrifício e ter paciência de santo se queremos ter bons frutos:ao resto estamos de olhos vendados.
Raios partam esta droga de vida que só leva a assuntos sem saída.

Sobrevivendo no mundo dos mortais

Boa noite a todos os cibernautas!
Hoje venho postar uma mensagem nova.
Ainda ninguém me conseguiu aturar nem eu tenho paciência para ninguém,pois eu preciso mesmo da minha liberdade.Eu não sou compatível com ninguém nem ninguém é compatível comigo porque sou dura de roer,sou muito brutal que nunca vou mudar,digo logo tudo na cara e se for preciso dou bofetadas.
Há doi tipos de pessoas: os "assistentes" e os que "fazem o espectáculo".
Houve alturas da minha vida que fiz de "palhaça",outras fui rejeitada, depois vingadora e hoje sou vítima de pessoas virtuais.
Também estou em "palco" actualmente mas ao mesmo tempo observo o que se passa.
É bom saber que existo a cada dia que passa e que tive momentos únicos na vida.
Isto por o que estou a passar não tem razão de acontecer.Eu não venho á net pedir nada,apenas respeito; mas cada um tem o que merece!É impossível haver amor se não haver tolerância,se não haver disposição para aceitar o próximo. O problema é que os gajos em vez de se assumirem ficam pedindo mails e nºs de móvel para estarem presentes à distância!!! (autênticos cérebros de cães!!!).
Eu prefiro mil vezes os filmes de monstros e companhia,onde se personifica o tamanho da crueldade humana e as nossas emoções.
Eu não tenho tempo para choradeiras nem para aturar uma merda qualquer que faz figuras deprimentes; eu vou continuar a batalhar mesmo que ninguém me ligue porque ainda estou viva.
E é assim que se (sobre)vive no mundo dos vencedores e vencidos,dos corajosos e falhados e dos populares e fracassados.
"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .