segunda-feira, 5 de abril de 2010

Porque escreves descuidadamente?

Quem escreve descuidadamente faz,antes de mais, a confissão de que não dá grande valor aos seus pensamentos.Porque o entusiasmo que inspira a persistente resistência necessária para descobrir a forma mais clara, mais eficaz e mais atraente de expressar os nossos pensamentos é gerada simplesmente pela convicção do seu peso e da sua verdade-tal como só utilizamos escrínios de prata ou de ouro para as coisas sagradas ou obras de arte de valor incalculável.
Poucos escrevem da mesma forma que um arquitecto constrói,traçando antecipadamente um plano e pensando-o até aos mais ínfimos pormenores.A maioria escreve como joga dominó:as frases ligam-se entre si como as peças de dominó,uma a uma,em parte deliberadamente,em parte por acaso.

Arthur Shopenhauer, in "Aforismos".
"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .