quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Detox virtual

Resultado de imagem para clínica de viciados em facebook
O tema desta mensagem vai-se incidir no bloqueio temporário da conta do Fb.
Após uma breve ponderação,chegou a oportunidade de abordar um tópico sobre o tão polémico padrões de comunidade.
O termo "detox" vem de desintoxicação,ou seja,é uma dieta à base de batidos verdes naturais para limpar o organismo que também pode ser comparado e aplicado no domínio virtual.
O utilizador só descobre que tem uma vida real depois de ficar impedido de participar,apesar do perfil estar acessível.O programa de transformação é recomendável,pois traz a experiência de cortar na dependência,o tempo passa mais devagar porque navegar na rede consome o dia da pessoa,melhora a sanidade mental,aprende-se a ter auto-controlo e ganha-se disponibilidade para ver coisas interessantes e construtivas a fundo.
Desde que apareceu o censor automático,tudo se descambou.
Analisando as regras e os motivos na prática,há incoerência nos padrões.O bloqueio é injusto e não resolve nada,pelo contrário,dá vontade de insistir até o sistema se habituar.O face serve para comunicar,logo ataca a liberdade de expressão ao censurar comentários que não contêm palavrões e são meramente opiniões diversas.
As páginas de notícias e ligadas à imprensa em geral são o alvo e funciona como um alerta para evitar essa acção.
Acontece quando há uma publicação em que a maioria do público tem de concordar ou se vitimizar e palavras como gay,lésbica,prostituta e benfeito são consideradas ofensivas,fruto do raio do politicamente correcto e da ditadura favoritista mas paradoxalmente já é aceitável manter o spam,imagens violentas,intolerância religiosa,vírus,fotos impróprias/obscenas/sugestivas ou até nudez explícita no ar!!!O conceito de censura da rede é subjectivo.
Esta era é chata do caraças.O fb não age onde deve agir por isso é muito poluente igual a um caixote de lixo.O bloqueio é um sinal vermelho daquilo que o utilizador anda a emitir e que da próxima tem de moderar para não irritar o Fuckerberg.
Qual período de reflexão?O castigo é desnecessário e revoltante e é difícil de perceber as razões da censura:a rede é uma ferramenta de desenvolvimento pessoal,há factos que não se pode ignorar,é preciso abrir assuntos.Só de ter blogue,é o suficiente para fomentar uma discussão através da partilha de uma matéria e nada pode proibir isso.
O detox liberta das alarvidades e como consequência,o pensamento flui naturalmente sem esse bombardeamento de informação ao minuto onde o utilizador se dispersa e fica com as energias esgotadas devido à intoxicação virtual.
Esta espécie de restrição,faz retomar actividades pendentes e é revitalizante embora não seja fácil.
Numa outra constatação,a rede só apaga o que convém caso a pessoa denuncie algum item que fere a susceptibilidade (até nisso faz distinção).
Uma das hipóteses é a de que seja uma estratégia para o utilizador se aborrecer e levar a criar mais contas para interagir,com o intuito de promover o facebook de rede social mais aderida e popular do mundo.
Porém,o bloqueio é vantajoso:as preocupações diminuem e magicamente tudo se regula.
Resumindo,só quem passa pela situação é obrigado a fazer um detox virtual e reconhece que as normas são esquisitas.

Sem comentários:

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .