terça-feira, 27 de setembro de 2016

Resumo da viagem a Lamego

Saudações!
O tema desta mensagem é sobre uma visita a Lamego.
Lamego é uma pequena cidade do norte de Portugal que pertence ao distrito de Viseu.
O dia 21 de Setembro é feriado municipal,logo a maioria do comércio encontra-se de portas fechadas.
Embora se diga que é calor,na verdade o clima é frio polar e nevoeiro porque fica no norte do país.
Uma das grandes desvantagens de viajar para lá é não haver pratos de dieta para quem está a manter a linha,nem variedades...só há gastronomia regional e apesar da comida ser à base de carne natural e sem químicos adicionados (animais criados em pastagens verdejantes e tal) bem como pão e bolos sem nenhuma artificialidade,ou seja,de puro fabrico artesanal e originais,as pessoas são gordas:hidratos de carbono são hidratos de carbono e isso não muda,a alimentação tem de ser desenrascada.
Os biscoitos por exemplo são leves e fáceis de digerir por serem confeccionados na hora e as bôlas são saborosas.
A cidade é pouco movimentada,não há semáforos e o trânsito é calmo e ordeiro.
Os lamacenses não fumam nem bebem dentro dos restaurantes (é proibido por norma),são simpáticos,educados,vestem-se decentemente e todos olham para a cara quando se cumprimentam e não para Iphones.
Não se ouve ruídos nem gritos em lado nenhum e a maioria das lojas vendem artigos interessantes feitos em Portugal.
Ninguém conversa e brinca dentro das igrejas nem há emigrantes a viverem em Lamego.
Há carros de polícias a patrulharem as ruas,os camiões do exército passam todos os dias e a cidade (que mais parece uma vila) é absolutamente limpa,principalmente no centro e pelos vistos,segura.
Os estabelecimentos fecham para almoçar e encerram ao público pelas 19:00h,portanto não há stress porque a população é menor!!!
Em alguns cafés os empregados não trazem as refeições em tabuleiros (que por acaso são leves) nem têm suporte para o azeite e vinagre,o que pode causar confusão e também é difícil vender bebidas não frescas.
Havia um restaurante de self-service em que é o empregado a servir a refeição ao invés de ser o cliente,justamente ao contrário de Lisboa,só basta tomar atenção às diferenças mesmo sendo dentro do país.
É recomendável viajar em particular e não em excursão de modo a ter tempo para chegar a descobrir tudo em cada recanto pelos próprios olhos e não pela boca dos outros.As pessoas dizem que vale a pena visitar um determinado lugar para insuflarem o ego,uma vez que a maioria dos portugueses são provenientes do norte do país e estão errados em alguns aspectos.Só mandam passear e explicam mal ou só aquilo que convém saber,ocultando o mais importante!
Lá confirma o velho ditado:"ver para crer",porque às vezes nem sempre é como as pessoas dizem.
Aqui ficam algumas fotos

Praça da cidade vista das escadarias de Nossa Senhora dos Remédios



Fonte da praça principal


Câmara municipal de Lamego

Jardim


Piscinas municipais de Lamego

Museu

Centro da cidade (ao fundo o santuário)

Centro da cidade

Messe de sargentos

Parque ao lado da câmara municipal


Sem comentários:

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .