quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Acerca do phubbing

Saudações meus fantasmas!
Nesta mensagem,vai-se falar sobre o vício de estar em contacto com o telemóvel.
O "phubbing" é um termo criado resultante da junção de "phone" e "snubbing" que significa,desprezar com o telemóvel.
Ao contrário do que se afirma,este hábito já tem mais de dez anos,com a diferença de que antigamente as pessoas andavam agarradas a trocarem sms de borla,quando ainda eram a preto e branco.Depois evoluiu para Iphones e actualmente a oferta de serviços é infinita,deixando os utilizadores completamente rendidos ao aparelho;por conseguinte,a prática não é moderna.
Mesmo que se esteja rodeado de gente e se ande constantemente a interagir com o ecrã,este comportamento para além de ser uma tremenda falta de respeito,é individualista e não social como tanto se enaltece!!!
Conversar cara-a-cara sem usar o móvel ou o Ipad em momento nenhum,é uma das tendências cada vez menos visíveis que se vai desaparecendo gradualmente.
Um "phubber" na verdade,anda ligado para ver as notícias,o mail,jogar e principalmente para marcar presença online nas redes sociais.
O "phubbing" corta os laços reais e afecta os modos de convívio.Isto lembra a velha regra de etiqueta e padrões de comportamento do não se poder comer e ler simultaneamente:primeiro uma coisa,depois outra.
Bem como as outras do não mastigar com a boca aberta,falar com a boca cheia de comida,bocejar em público,suspirar após as refeições,falar aos ouvidos,etc.
Este fenómeno e o exemplo citado assemelham-se muito:se combinam encontrar com os amigos ou se está com a família,a máquina tem de ser ignorada enquanto se estão reunidos pessoalmente.
É triste que hoje em dia ninguém dê importância a estes detalhes que mudam tudo em alguém!
Também há quem queira passar uma imagem de gente civilizada e é notável à distância a tamanha ridicularidade do nosso tempo.
Por outro lado,seria uma excelente forma de poupar bateria e saldo.
Não vale a pena aceder diariamente ao face através do Iphone e nunca fazer nada!Geralmente é esta atitude que dá pano para mangas.E mesmo que se faça actualizações,isso é proveniente da má gestão da parte do utilizador que só fica a perder o melhor da vida.
Não sei como ninguém apanha entorses no pescoço de tanto estarem cabisbaixo;só se inventa parvoíces para alienar o povo,o computador já basta para fazer o trabalho todo.
O avanço digital faz disparar lamentavelmente o "phubbing",uma forma de manter as pessoas ocupadas até quando estão sozinhas e distraí-las do meio envolvente.
Prevê-se que no futuro seja normal rir para o smartphone feito retardado,pois muitos acham aborrecidos estarem juntos mas só depois de bater no fundo é que vem a reabilitação.
Concluindo,fazer deste comportamento uma prioridade é estupidez.

Sem comentários:

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .