terça-feira, 1 de agosto de 2017

Anti ditadura de beleza

Imagem relacionada
Saudações!
Neste tópico,vai-se aprofundar sobre os padrões de beleza.
Os padrões de beleza são a coisa mais estúpida que foram estabelecidos.
Não existe uma escala para medir o grau de atracção da espécie feminina,isso não se encontra naquilo que é ditado pela maioria das pessoas,aliás,lá por muitos optarem por seguirem alguma tendência nunca foi sinal de ser agradável ou popular,pelo contrário,é induzir alguém frágil a pertencer a um rebanho!
Ser contra a ditadura de beleza,é rejeitar todo o tipo de imposição!!!A beleza tem a ver com diversidade,é um atributo individual e defende que uma mulher pode ser bela em qualquer idade,nacionalidade,altura,classe social,estatura e tom de pele desde que saiba vestir consoante o físico,que tenha auto-confiança e que acima de tudo cuide fielmente da imagem...isso sim,é o verdadeiro padrão real.
Actualmente começa-se a entrar na indústria,modelos de tamanho grande porém ao implantar isso está-se a definir outro estereótipo,a cair no mesmo erro das altas e magras oprimindo quem não se encaixa nem se identifica.Além disso há uma diferença entre ser curvilínea/cheia de ter excesso de peso:a beleza não é um desafio e os homens que são competitivos e preferem mulher-objecto,ainda são machistas,precisam de amadurecer ao invés de fazer comparações descabidas e aprender a respeitar as mulheres.
Determinar um conjunto de regras,deixa o público feminino a sentir-se mal com o corpo,depois surgem as inseguranças,problemas de auto-estima intermináveis e que possivelmente marcam alguém para o resto da vida...a culpa é de quem promove e normaliza uma imposição.Essa hipocrisia leva muitos homens a idolatrarem mulheres vulgares ou narcisistas,provocando preconceito sendo por este motivo que muitas não conseguem ser felizes!!!
O que é que a sociedade vai considerar desejável daqui a 20 ou 30 anos?Os extremos não são saudáveis e deve-se libertar das imposições sádicas e doentias constantemente a ditarem o que é bonito ou feio...as pessoas não devem ser permeáveis a ponto dos meios de comunicação moldarem/distorcerem a percepção de beleza;quanto aos que apoiam isto e dizem ser giro de se ver na rua,certamente esse homem ou mulher (enquanto alguém mais velho) é um(a) mal-amado(a) e atrasado(a).
Se as plataformas disseminassem a diversidade e não o desleixo e bizarrices,o amor-próprio iria aumentar por aí e o impacto seria positivo porque tomaria grandes proporções e a mensagem seria alcançada.
Ora através de uma breve pesquisa efectuada no youtube a propósito da beleza das mulheres portuguesas,descobriu-se um resultado aproximado:trata-se de um vídeo ofensivo feito por um youtubber coreano.
Analisando o contexto,dá pano para tecer um longo desenvolvimento.
O youtubber foi à rua escolher somente estudantes universitárias e rapazes de aspecto vulgar para serem entrevistados com o objectivo do canal ter visualizações.
Como a pergunta não dava para ser respondida,algumas ficaram travadas e outros deram respostas parvas e ocas afirmando ser genético,do clima e do sangue lusitano...enfim,culto ocidental da futilidade,fruto de programas rascas.
O que foi completamente abominável e injusto,são as brancas a dizerem que são morenas,altas,lindas e modelos quando são simplesmente gentinha reles,acéfala,foleira de corpo deformado e a sofrerem de um tremendo complexo de inferioridade,típico do povo português ser convencido.
Esta geração de jovens tem uma lacuna grave de uma forte falta de valores,de bases e sobretudo de estrutura moral.Quando chegarem a velhos também vão ser uma merdice por pensarem superficialmente:desde quando beleza é ser umas iguais às outras?Que lições elas vão saber sobre auto-estima?
Elas têm influências de estilo e muitas nem são naturais e sim não têm paciência para cuidarem todos os dias da imagem pessoal,comem porcarias,têm vícios e envelhecem depressa...seguem algo relativo à beleza justamente por andar na moda e ser imposto pelo marketing (ou divulgado nas redes sociais) e não no sentido literal de vaidade.
Em relação à espécie masculina do vídeo (e aos rebarbados),partilham do mesmo pelo facto delas próprias inflamarem o ego.
O irónico é que estavam na universidade a estudarem tanto e nem sequer tiveram capacidade de formarem opinião?Isto é escandaloso...a pergunta é um elogio envenenado,talvez para testar e gozar com a reacção das pessoas porque há parvinhos que costumam acreditar em tudo o que ouvem.
O vídeo do coreano foi de mau gosto,transmite uma ideia degradante e incentiva à discórdia.
A publicação emitida inconscientemente,é uma autêntica exaltação à mediocridade:no fundo se refere à camada jovem e dirigidos a quem convém,há uma falsidade dissimulada nessa generalização de modo a arranjar conflitos!!!
Por conseguinte,não existe um ideal universal de beleza;o vídeo baralha a cabeça porque o seu significado foi invertido.A frase é manipuladora e foi inventada por gente ignorante!E lamentavelmente Portugal como país desenvolvido,não tem abertura nem campanhas com modelos reais e comuns,o que torna difícil a aceitação.
Terminando,a ditadura da beleza é a raíz do sistema machista e o vídeo captado foi o reflexo desse conceito redutor.

Sem comentários:

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .