quarta-feira, 23 de novembro de 2016

A conversão da "Mcdonald's" ao vegetarianismo

Imagem relacionada
O tema desta mensagem é sobre um novo hambúrguer da "Mcdonald's".
Recentemente,circulou uma notícia que chamou a atenção:o restaurante de fast-food lançou o mcveggie,um hambúrguer vegetariano.
Visto ser a única marca que dá ouvidos aos consumidores,eles não tinham nada de chatear pedindo alternativas à carne.Agora a "Mcdonald's" foi obrigada a lançar uma versão correspondente às necessidades da maioria,onde se vai abandonando velhos hábitos prejudiciais e adoptando um estilo de vida mais harmonioso.
Contudo,não deixa de perder o conceito de comida processada:é um hambúrguer igual aos outros de vários dias armazenado,leva alterações para não apodrecer e aquilo tem farinhas e óleos adicionados para dar um aspecto desejável e estaladiço,continuando a ser fingido.
Um hambúrguer vegetariano natural e fresco só é servido em um restaurante próprio.Já se sabe por exemplo,que as saladas do "Mcdonald's" consideradas saudáveis não têm nada de saudável,certamente o mesmo das sopas,por conseguinte esta novidade dá milhentas razões para desconfiar.
As parvas das pessoas estão a procurar comida vegetariana no sítio errado!!!
O princípio da marca sempre foi o hambúrguer de carne de vaca,a linha são as carnes de origem animal porque é histórico.Assim abriu concorrência dentro do restaurante e fica esquisito porque aos poucos vai-se transformando numa opção ética ao introduzir no menu alimentos vegetarianos...a empresa não está a ser fiel às bases,não tarda nada ainda vão inventar hambúrguers de bacalhau,atum,peixe,etc. para se adaptarem aos gostos do público quando é suposto haver em sítios específicos (embora haja uma tremenda falta de lojas e supermercados fora do convencional) do qual os clientes não entendem e que não é o dever nem cabe à "Mcdonald's" mudar a sua imagem primordial.Nesse sentido o melhor que se podia fazer era petições,empregando simultaneamente pessoas nos postos trabalho a serem criados.
Esta é uma forma de atrair o cliente através da ganância e manipulação para a marca sair a lucrar com as vendas.Os consumidores não pensam previamente que estão a ser enganados,sendo convencidos a comprarem os produtos através dos argumentos da "Mcdonald's":se diz que uma determinada substância foi aprovada por alguma entidade reguladora e as normas são da UE,é o suficiente para não se questionar mais porque a empresa é intocável.
E se a substância de preservação for aprovada,não é na mesma um químico nocivo à saúde humana?A "Mcdonald's" até chegou a ser rotulada ao equivalente a comida de cães...esta gente anda doida ao ponto de acreditar na justificação da marca!
Numa altura em que se vai ganhando consciência eles apenas aproveitaram a ideia,passando a incluir um hambúrguer vegetariano no menu para estarem de acordo com a actualidade e não ficarem estagnados no tempo.
Quanto ao lixo produzido diariamente,é ocultado do público e também dá pano para mangas.
A tonelada de papel e plástico proveniente das cadeias de fast-food causam danos ambientais desastrosos que eles não têm noção...o desperdício é uma coisa impressionante!
O plástico custa muito a decômpor e as embalagens vão para a reciclagem,ou seja,são do lixo para combinar com a comida.Nisso ninguém abre discussão quando o assunto está relacionado e é igualmente importante abordar porque emite poluição tóxica durante o fabrico,ao estampar os logótipos para fazerem marketing para as marcas.
Voltando ao tema,por muito que a "Mcdonald's" afirme que os mcveggies são saudáveis,descobriu-se que os hambúrguers contêm amónio e nestes não são diferentes!O certificado ecológico apresentado,é uma maneira de "atirar areia para os olhos" dos consumidores,é uma fonte não fiável,um embuste notavelmente contraditório com os valores da marca.Não passa de uma grande piada!!!
Em termos de higiene no trabalho,não é bem como se apregoa ao público,sendo duvidosa em alguns critérios,por exemplo:eles não mostram totalmente as etapas da confecção dos hambúrguers e em que condições estão as carnes...justamente o aspecto crucial antes de serem formatados e fornecidos à "Mcdonald's".
A cadeia de restauração é uma epidemia social!A empresa pode apostar em alimentos verdes e alternativos que está longe de ser original,a marca só está a diversificar as escolhas para não cair no esquecimento,os clientes é que precisam de ter esta percepção.
Resumindo a crónica:a conversão gradual da "Mcdonald's" ao vegetarianismo é incoerente,puro faz-de-conta e na prática diverge do conceito autêntico de ecologia em todos os níveis.

Sem comentários:

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .