quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Prémio blogs do ano?

Este tópico vai ser um desenvolvimento sobre um concurso inédito de blogs.
Recentemente surgiu uma publicidade do "Prémio blogs do ano",uma iniciativa levada a cabo pela Media Capital e com o apoio da TVI onde todos os blogs que correspondam com as categorias pretendidas podem se inscrever.
No site não indicaram qual é o prémio nem sequer divulgaram os critérios do concurso,levando a crer de se tratar de um passatempo para "encher chouriços" dando motivos para desconfiar.
Os ditos blogs influentes como se consta na descrição,são geralmente os que têm centenas de seguidores (em alguns casos comprados) mas para os organizadores assume outro significado.
O júri é composto por membros totalmente alheios a este mundo que mal percebem dos blogs e do trabalho envolvido,têm uma ideia errada e não deixaram claros no que se baseia a avaliação...não custava nada as figuras públicas pedirem informação aos bloggers anónimos antes de haver aquelas típicas revoltas de autores dedicados.
As inscrições só servem para fazer número porque os vencedores são sempre alguém com grande visibilidade blogosférica,portanto aqui não há novidades.Na segunda fase os mesmos vão a votos online para ser anunciado o vencedor de cada categoria,ou seja,é como um jogo de cartas escolhido onde à partida a pessoa já está favorecida!
Quantidade nunca foi sinónimo de qualidade.Para se ser seguidor,o leitor tem de se identificar com um determinado blog e não seguir porque sim ou como retribuição,tem de ser naturalmente e não por obrigação como se verifica tanto por aí onde depois os autores acabam por exaltarem o ego nas publicações quando na verdade estão bem enganados e a construção é falsa.
A Media capital tem falta de imparcialidade,pois vai buscar autores com blogs banais e inúteis,por isso a iniciativa não tem nível nenhum,pelo contrário,reflecte a pobreza da blogosfera portuguesa:se os utilizadores alimentam blogs desprezíveis,o concurso é apenas a cereja no topo do bolo daquilo que existe!!!
Os blogs de celebridades e os profissionais deviam ser proibidos de participarem,quanto aos de moda e aos de desporto,quem sai a ganhar são as marcas cujos autores são pagos para patrocinar posts,logo as opiniões sobre um produto não são próprias,há marketing a funcionar e o dinheiro vem das empresas que procuram uma forma fácil de alcançar protagonismo através da plataforma de comunicação,além disso muitos deles criam elos com as parcerias feitas,tendo assim mais hipóteses de se tornarem reconhecidos.
A iniciativa é bastante rasca,ao invés de se focar em algum conteúdo produtivo que contribua para o bem comum e pelos vistos é disto que o povo gosta!
Aquilo que se pensa em relação aos "blogs influentes" devia ser revisto...a essência do termo foi distorcida,depois é escusado queixar de que eles não representam.
Também se devia dar importância em relação aos planos dos bloggers no futuro justamente para evitar o faz-de-conta.
O concurso não tem rigor nenhum e no fundo é pré-concebido...o "Prémio blogs do ano" é uma grande aldrabice!O júri devia ter o cuidado de elevar a fasquia,pertencendo à imprensa os blogs premiados são supostos serem transparentes e que se distinga do resto e não algo formatado e sem sentido!!!
Resumindo esta crónica,a blogosfera perdeu literalmente metade do seu lado.

2 comentários:

Helena Rodrigues disse...

Por acaso eu inscrevi-me nestes prémios só mesmo para sair da minha zona de conforto, porque o meu blogue só tem 800 seguidores e como ele há milhares (dedicado ao cinema)... sei perfeitamente que não chegarei a lado nenhum e sim, concordo que os mais vistosos serão os mais nomeados.

Ju ♥ disse...

Acho que isto até se podia resolver pondo os votos iniciais ao público. Assim até ajudava os blogs mais pequenos (como o meu) a serem divulgados. Depois então a escolha podia passar para o júri (seja ele qual for) que até ganhava leituras novas. Mas assim vão ser os blogs do costume a ganhar. Além disso, a falta de um regulamento público aos participantes é uma falha que não seria perdoável em qualquer outro concurso. Acho que falta muita informação a este concurso.

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .