quinta-feira, 9 de abril de 2015

As portas da auto-estima

Saudações mortais!
Como já todos sabem,o marketing da Dove causa bastante impacto mas desta vez a marca surpreendeu com uma campanha invulgar,chegando até a passar despercebida por muita gente.
Segundo a notícia,nas duas portas dos centros comerciais,colocou-se dois cartazes à entrada,numa a dizer "Bonita" e noutra "Pessoa comum".
A maioria optou pela "Pessoa comum",onde uma delas afirmou que ser bonita está fora de questão,sinal claro do triunfo feminista ou simplesmente não é prioridade.
Quase ninguém notou que era a Dove a promover o serviço,hehehehehehehe!
Entre uma porta e outra,venha o diabo e escolha pois os cartazes não mudam nada.
Uma pessoa pode entrar na porta "Bonita" e sair na "Comum" e vice-versa;neste caso a equipa só contou com a parte de fora e decidiu exibir imagens das poucas que optaram por entrar na primeira.
Se também tivessem metido os letreiros dentro,contribuia em flecha para a auto-confiança num espaço público.
Houve uma que após entrar na "Bonita" sentiu-se especial...quer dizer,isto é uma palhaçada!Alimentar auto-estimas fragéis continua a ser superficial.Além disso,muitas mulheres mais velhas não foram educadas sobre beleza e amor-próprio,ou seja,elas são o público-alvo desta marca tão famigerada.
O irónico é ter entrevistado mulheres entre os 18 e os 64 anos,quando a auto-estima devia começar a ser valorizada na fase crucial da adolescência!!!
Por outro lado,há o problema de ser classificada de convencida,quando alguém se acha bonita (bonita,não ego insuflado) e o lema a remeter à necessidade de ser elogiada,no fundo é oposto às pregações dos movimentos feministas.
Porém algumas não associaram à campanha por pensarem certamente de se tratar de um apanhado.E é aqui que desta vez a Dove falhou ao tentar transmitir a ideia de beleza real.
A publicidade dirigida à marca foi ignorada com sucesso,fenómeno raro de se observar.
Salientando um detalhe do vídeo:as que entraram no "Bonita" não significa que são confiantes,não houve prémios.Quem fez daquilo uma novidade,foram exactamente as mais ingénuas.
Outra coisa impossível de entender,é o porquê da Dove realizar sempre as acções nos mesmos países...talvez escondam um segredo.
Concluindo,as reacções das portas da auto-estima são absolutamente normais.

Sem comentários:

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .