domingo, 25 de janeiro de 2015

Amizades entre o sexo oposto

Saudações atormentadoras das sombras!
Tal como o título indica,a crónica é sobre as amizades entre o sexo oposto,tudo o que nunca foi revelado.
Recentemente circulou nas plataformas de comunicação,uma corrente de pensamento que abriu um assunto muito importante de ser debatido devido à sua complexidade sentimental.
As amizades entre homens e mulheres são impossíveis.Após uma breve análise dos resultados de pesquisa que apontam exactamente o contrário,pode-se constatar que as tipas andam iludidas.
Para já,por mais receptivo e simpático que um homem seja,jamais se deve confiar,muito menos confundir com amigo por milhentos motivos:
1 - eles não têm maturidade para entender o sexo feminino nem se esforçam;
2 - sabem fingir tanto quanto elas que são amigos para depois arranjarem intrigas com o grupo;
3 - a amizade dura até ao dia em que a mulher gostar de alguém.Aí o amigo masculino vai rebentar de ciúmes ou vingar por se sentir traído;
4 - há fraquezas e sensibilidades biológicas próprias do ser feminino que devem ser evitadas contar a todo o custo a um elemento masculino,a qual geralmente chamam de birra;
5 - eles não suportam que uma mulher fale de um homem para outro homem (nota que isto é amizade,não uma relação amorosa e já são assim);
6 - uma das partes ou as duas pode vir a gostar da outra mesmo sendo comprometidas;
7 - eles são amigos verdadeiros entre eles,com elas são puramente interesseiros;
8 - têm raciocínio pouco desenvolvido.
Impressionante a idealização desta figura masculina protectora semelhante a um irmão...pior,são as que acreditam que a amizade deles não é tóxica,deixando-se levar por tamanha alarvidade...lastimável.
É verdade que as amizades femininas são repletas de conflitos,superficialidade,mesquinhez,egos e sobretudo manipulação enquanto eles são empáticos,transparentes e criam facilmente elos entre si.
A amizade entre o sexo oposto é um mito!!!Chega uma altura em que tudo termina pelas razões acima mencionadas;assim que têm oportunidades,eles também dão golpes baixos e a pessoa torna-se vulnerável.
Uma amizade mede-se pelo grau de confiança e não pelo facto de haver um homem.
As amizades com homens não são mar de rosas,isso foi inventado.Se a espécie anda fora do comportamento feminino,de que adianta travar amizades?Antes disso é suposto manter-se informado e actualmente,não há perdão ser ignorante!
O mesmo se passa com os homens que bajulam uma amizade feminina:há um grande risco do discurso ser artificial,pois eles costumam partir do princípio que tudo são ofensas pessoais,reconhecendo raramente o benefício.
São detalhes como estes que passam despercebidos e dos quais nunca ninguém quis saber.
A tão almejada influência masculina na amizade feminina,na realidade não existe.Quem deve desempenhar esse papel são os irmãos,eles são uma referência para-paternal.
Ironicamente,o equilíbrio emocional é um requisito em falta numa amizade masculina...não dá para entender de onde vem esta imagem moldada no imaginário feminino...espelhar nesse ideal de amizade,significa seguir a sua lógica.
Ora esta corrente defensora da amizade entre ambos,é uma teoria barata!
A relação entre homem e mulher é meramente para fins afectivos,jamais tem hipótese de ficar somente pela amizade duradoura normal por questões sociais de género,evoluindo para o próximo nível e mesmo que funcione,um dia mais tarde vai trazer problemas.
Conclui-se este pensamento confirmando a citação de Oscar Wilde:"não há amizade possível entre homens e as mulheres.Há paixão,inimizade,adoração,amor mas não amizade".

Sem comentários:

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .