segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Acerca dos estudos científicos

Saudações do além!
Nesta mensagem,vai-se dissertar acerca dos ditos estudos científicos que de vez em quando circulam nas notícias.
Em tempos,tinha-se a ideia de que os cientistas eram pessoas dotadas de inteligência como Albert Einstein,detentores de grande conhecimento devido aos estudos intensivos e sede de curiosidade,próprios da profissão.Chegava-se até a denominá-los de cientistas malucos.
Actualmente pode-se verificar que essa definição não corresponde com a realidade e que foi decaindo ao longo dos anos.
A prova disso são os ditos "estudos científicos" onde na verdade não trazem nenhuma novidade ao público,apenas se fazem para concluir factos absolutamente básicos,salvo raras excepções de pesquisas.São uma espécie de entretenimento onde uns geram controvérsia e outros criam falácia e do qual nada acrescentam na vida de ninguém.
Este "estudo" é um dos três exemplos:obviamente que isto é tremendamente polémico!Senão os vídeos pornos seriam feitos por extraterrestres xD;este indica que comer gordura pode ser bom para a saúde e que pode ajudar a emagrecer e ser bom para o coração...o conteúdo deste relatório não tem pés nem cabeça.Há uma linha que separa,pessoas que nascem com um excelente metabolismo das que andam a vida toda com restrições alimentares para se manterem saudáveis,não é um "estudo científico" que vai revelar o que é ou não é certo,até porque pouco ou nada contribui;e finalmente este que afirma que os jovens não se auto-lesionam para chamar atenção.
Também não tem nada de novo,pois a descoberta foi tabu durante vários anos e alvo de grande preconceito,por isso veio bastante atrasado.Quem tem o dever de ouvir adolescentes nessa situação,tem de cumprir o papel e não ignorar ou andar a ocultar os problemas,muito menos julgá-los.
Quem se auto-lesiona não sofre de nenhum distúrbio psiquiátrico e sim porque é vítima de um ambiente opressor grave,ao ponto de fazer mal ao próprio corpo,e por não ter capacidade de resiliência.
Houve ainda mais um estudo que dizia que os  alunos que praticavam mais exercício tinham melhores rendimentos escolares que os restantes,hahahahahahaha essa é boa...e aqueles que nunca praticaram e têm notas altas?O segredo é ser extrovertido em e.f.,quanto às outras disciplinas,este aspecto não influencia nada :s
Ou seja,não fazem sentido nenhum.Um estudo científico a sério tem a matéria aprofundada a rigor e investigado detalhadamente com dados precisos e não algo que baralhe a mente do leitor.
Geralmente são insignificantes e sem credibilidade.
Eles chamam de estudo científico a uma mera pesquisa que confirma algo corriqueiro ou então lançam parvoíces,em vez de serem informativos.
Em suma:com tanto por onde ir buscar,vão elaborar teses sem bases e inspirados nos arquivados.

Sem comentários:

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .