segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Folhas

Uma árvore é igual a um caderno de anotações:cada folha é uma pérola que a compõe.
As folhas vivas são palavras da natureza que define as características próprias de uma árvore,enquanto que as secas são rabiscos que o tempo leva.
Uma árvore vulgar,obviamente perde todas as suas folhas e a sua estrutura não tem interesse nenhum mas um pinheiro,por exemplo,tem mais valor.
Tal como uma árvore centenária que não pode ser derrubada,um caderno de anotações é bastante semelhante:cada folha é uma mensagem que o torna especial.
Os textos e os esquemas bem organizados,são a marca que se vai construindo por escrito.
As folhas deixam de ser meras folhas,a partir do momento em que se tece linhas de pensamento sólido e se vai costurando a imaginação.
O cheiro das folhas bem conservadas é igual às árvores centenárias:paira no ar permanentemente e as memórias tornam o caderno histórico.
A tinta da caneta é o seu complemento.
As folhas soltas,espalham-se e as folhas presas constituem uma obra única.
Em suma:assim como as folhas das árvores jamais devem ser arrancadas,com as folhas do caderno também se aplica o mesmo,sobretudo se já estiverem escritas com a impressão própria do autor.

Sem comentários:

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .