domingo, 22 de junho de 2014

Os extremos de beleza americano

Os extremos de beleza americano oscilam muito entre a magreza e a obesidade mórbida.
Na comunicação social,circulou várias vezes,notícias de que existem homens fortemente atraídos por mulheres gordas/obesas mórbidas.
Há quem já se tenha comprometido e outros,que tanto pode ser verdade como pode ser fetiche,andam obcecados por vê-las a ganharem quilos.As próprias confessam adorarem a imagem cheia de gordura,até chegarem ao ponto de não conseguirem levantar da cama com tanto peso.
Afirmam sentirem-se bem com a estética e de não estarem nadinha preocupadas em relação aos problemas de saúde.Algumas competem para entrarem no livro dos recordes do guiness.
Paradoxalmente,reina o modelo de beleza dos corpos magros e chupados com pernas de salsicha.Inventam mil e uma dietas para se manter o emagrecimento da típica forma de tábua.
Por outro lado,quando as mesmas estão descontentes com o que vêem no espelho,recorrem logo aos implantes de silicone como se não conhecessem outros métodos para adquirir mais volume...serão tão burras que até precisaram de uma celebridade virtual como a Jen Selter para as motivar a irem ao ginásio?!É como se nunca se tivessem visto outros tipos de corpos! :S
Porém,é impossível entender a psicologia dos norte-americanos:ou são libertinos ou são puritanos.
Disse-se que na América não é comum o culto ao traseiro grande,daí a euforia por verem alguém a ser famoso assim entre eles porque consideravam isso feio.
Uma coisa é certa:os truques que as magricelas usam para as fotos só servem para as que têm um corpo com mais massa,a elas só realçam os ossos e por mais que tentem,não fazem curva nenhuma,pelo contrário,ficam estreitas, tortas e inclinadas!!!
Considerar belo um corpo feminino obeso é aplaudir uma série de futuras doenças e incapacidades físicas.
As imagens de mulheres gordas americanas são usadas fora desse país como forma de gozo contra quem sofre de obesidade...a ditadura da beleza causa grandes prejuízos de auto-estima.
O povo americano é muito estranho...

Sem comentários:

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .