terça-feira, 18 de março de 2014

Plágio digital

Saudações do além!
É comum entrar nas redes sociais e encontrar gente a publicar frases feitas.São os chamados falsos-moralistas mas para além disto,há um problema muito sério e irritante:o plágio.
Pouquíssimas pessoas dão importância a um tema que jamais devia passar despercebido:é por isso que eles fazem o que querem e apetece e não há forma de controlar esta praga.
Plagiar poemas,citações e pensamentos de famosos ou desconhecidos é tremendamente de mau gosto.
Ignorar as aspas,cortar o nome do autor,ocultar a fonte,copiar com erros ortográficos,alterar,modificar,suprimir palavras,acrescentar ideias e até não usar pontuação,revela vandalismo digital.
Antes de começar a publicar uma frase por exemplo,deve-se verificar de onde foi retirada;dar-se ao trabalho de confirmar o autor;em seguida,procurar estar informado acerca da pessoa;ir às fontes fidedignas e por fim,partilhar directamente do original!
Seja vivo ou falecido,o nome tem de aparecer mencionado.São conteúdos que não saíram da cabeça dos leitores e como tal,é o mesmo que receber aplausos por apropriação indevida.
Caso se discuta sobre notícias e artigos online,deve-se meter o link de onde foi visto porque também não foi o leitor que redigiu!
Para quê adulterar,se pode transcrever como lá está e comentar por baixo com o próprio ponto de vista?Os plagiadores deviam-se interiorizar que nada disto é uma brincadeira:imaginem os estudantes a fazerem trabalhos de pesquisa e dizerem que não havia a origem da fonte?Pois é,roubar é crime e no domínio virtual não é diferente.
Era muito bom que os cibernautas se preocupassem com os plágios digitais,pois se estivessem no lugar do poeta/escritor/artista iriam querer ver o seu trabalho/marca reconhecidos e não copiados.

1 comentário:

maria teresa disse...

Tem total razão mas é pedir muito à sociedade atual! Há uma senhora que escreve poemas e publicava-os num blogue (eu seguia), descobriu que era plagiada noutro blogue de uma forma totalmente descarada e nada aconteceu ao plagiador (a não ser ter sido bombardeado com imensas mensagens de amigos da poetisa e fechar o tal blogue). Neste momento a dita poetisa está com uma depressão profunda, é uma pessoa frágil, reagiu muito mal a tal plágio...

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .