segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Todos os caminhos vão dar a "Roma"

Muitas boas noites!
Hoje decidi lançar mais uma mensagem acerca do amor, mas mais um pouco aprofundada.
Desta vez dirijo-me ao casamento.
Como sabem é cada vez mais raro as pessoas pensarem em casar.Poucos assumem um compromisso sério e duradouro e casam-se de outras formas mas não como antigamente.
Não há diferença entre casar e levar uma vida independente. Quando é casado, as pessoas têm o dobro das responsabilidades: cuidar da própria pessoa e zelar pelas necessidades do outro. O resto é igual. Mas quando a pessoa tem uma vida independente, as coisas mudam: zelar pela saúde, estar atento às suas necessidades, pagar as contas de casa, etc.
É por isso que os que vivem sozinhos estão constantemente activos e são mais livres. Têm na mesma o dobro das responsabilidades só que não têm com quem se preocupar, daí a vantagem.
Mas é claro que depois todos envelhecem e podem chegar a ter outros problemas em comum.
Na vida de casado, por exemplo,se um dos pares morrer primeiro, o outro vai ficar sozinho na mesma.
Casar é partilhar a vida, estar por conta própria é viver para satisfazer o próprio, só que depois há menos comunicação, a não ser que a pessoa fale sozinha!
Os caminhos que seguimos são diferentes mas o destino é igual para todos.
Para os cibernautas que são pouco interactivos com a internet, venho afirmar que existem testes disponíveis online sobre regressões a vidas passadas e reencarnações , sobre quando vai morrer e sobre saúde. Questionários, dia e hora de nascimento e perguntas sobre os hábitos de vida para chegar aos resultados. Mas atenção que os testes sobre quando vai morrer não são fiáveis!!! Varia muito de site para site e é para levar na brincadeira!
Por fim resta-me dizer que todos os caminhos vão dar a "Roma" e acredito que nos reencontremos na eternidade.
Mais uma vez obrigada pela paciência e pela atenção dispensada.
(discurso previamente elaborado)

Sem comentários:

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .