quarta-feira, 23 de setembro de 2009

O meu mundo e o teu

Boas noites!
Hoje venho lançar uma mensagem acerca do meu comportamento com cada sentimento.
No amor: no teu paraíso de veneno eu encosto lentamente os meus lábios nos teus e viajo pelo teu mundo fora. Tu deixaste-me inebriada porque o teu amor é tóxico. Tomei um gole do copo do diabo mas agora é tarde para me livrar de ti. O teu amor é venenoso e fatalmente divino.
No ódio: tinhas que aparecer tu para me estragar o dia, dar golpes baixos e fazer falsos julgamentos. Quem és tu para me controlares?Eu nunca precisei de força nem de ajuda de ninguém por isso desaparece do meu caminho sua besta!
Na tristeza: caí na minha solidão. Não me reconheço. Já ninguém me vai conseguir resgatar deste sufoco que corta a minha respiração e desta "faca" que tenho espetada no coração!Os meus olhos perderam o brilho e passaram a ser dois fossos negros que derramão lágrimas infinitas de "sangue" e o meu corpo passou a ser invisível aos outros. Porque raio a minha alma é torturada? Serei uma mártir? Estou mergulhada no mar profundo e intenso da tristeza e injustiça. Á tona dos meus pensamentos só me surgem desencantos e amarguras que vivi.
Na alegria: finalmente fez-se luz!!!Hoje o sol brilha com todas as forças na minha vida! Já tinha saudades de rir às gargalhadas, recuperei a minha energia e já sinto o sangue a correr nas veias!Voltei a ser quem era! Consegui triunfar!!!
Depois destas amostras do meu comportamento com cada um destes sentimentos, não será que o teu mundo também é assim?Porque repara, no fundo todos nós já agimos assim com alguém, uns mais, outros menos.

Sem comentários:

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .