quarta-feira, 10 de setembro de 2008

A minha alma mórbida

boa noite!
Saudações!
Embora eu tenha um tom de pele um pouco carregada,eu visto roupas escuras para ninguém me ver,ando de cabisbaixo por causa do meu pessimismo,gosto de chuva,especialmente quando chove torrencialmente porque eu adoro andar á chuva para ninguém notar que estou a chorar.Eu gostava muito que a noite fosse eterna,mas isso é impossivel:a noite só é eterna quando nós,mortais,deixamos de existir.Por isso quando eu não existir,festejem a minha morte...nada de choradeiras.O que eu quero dizer é que quando estamos vivos,ninguém dá valor a nada,só pensam em "destruição",sim porque a juventude de hoje ultrapassa a rebeldia,depois quando se perde alguma coisa,choram baba e ranho porquê?E inventam coisas para quê?...comigo isso não vai ser assim.
Eu tenho alma mórbida e sou simpatizante do gótico,porque eu não me encaixo no mundo de "princesas",o tal mundo cor-de-rosa...sempre fui uma granda falhada no amor e agora a minha preocupação sou eu...só agora é que está a ser revelada o meu "estilo".
A cor lilás simboliza o sofrimento,que é o meu caso.Sou uma mártir!
Tal como falei,hoje em dia a juventude é uma destruição...cada um só pensa no seu interesse e já ninguém quer saber do conteúdo psicológico,só sabem trocar mails e fazerem merda na net,mais nada!
Eu sou sempre a condenada,a mártir,a "crucificada" no amor e por vezes online também...e isso traz-me um enorme desgosto para a minha auto-estima!!!É que esta gente nem sentido de humor sabe usar num bom sentido...é lamentável a juventude de hoje...eles têm de ter consciência que há palavras que afectam os outros...porque as palavras são como os tiros: podem ter consequências irreversíveis e até mesmo ser fatal.
As palavras não voltam atrás no tempo,podem ter caído no esquecimento,mas ficaram guardadas no subconsciente.Daí é que vêm os traumas,a ansiedade e sobretudo a depressão (no caso de ser muito grave as palavras proferidas).
Dou graças á santíssima cruz por haver gente que me querem o bem!

1 comentário:

NUNO RODRIGUES disse...

nao acredito que a tua alma seja assim tao morbida

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .