domingo, 1 de fevereiro de 2015

Suporte para selfies

Cada vez mais se inventa modas tecnológicas parvas e o suporte para selfies é a prova disso.
É certo que se vive em plena época de individualismo cru e doentio onde muitos se fecharam numa bolha invisível e o próximo foi-se tornando descartável.Este fenómeno provém desde que as redes sociais começaram a ganhar terreno na revolução do convívio.
A tendência na altura era tirar fotos em roupa interior/tronco nu na casa-de-banho e era engraçado observar porque a vulgaridade era baixa,não era igual ao calibre actual.Os que tivessem exposto auto-retratos (a qual hoje chamam de selfies) no perfil tirados em frente ao espelho,dizia-se que não tinha amigos (hoje chamado de forever alone).
Depois o paradigma fotográfico foi deixando de ter regras (esse foi o mal) até que actualmente tira-se fotos por tudo e por nada,sendo a necessidade de aprovação uma constante que preenche um enorme fosso vazio.
As selfies já são esquisitas:a própria pessoa tira fotos a ela ou a mais uma a focar na lente com o braço esticado,onde só aparece carões,olhares desviados e queixos levantados.Se forem tirados do alto,os pescoços não são bem visíveis,muito menos o cenário e o corpo aparece cortado.
Já o suporte,é um complemento do braço onde se coloca o Iphone ou a câmera e saca-se fotos à distância desejada em vez de se pedir a desconhecidos,captando o grupo e também podem ser tiradas do alto.A única diferença é aparecer uma vara grande na foto em vez do braço,ou as mãos ocupadas a segurarem.
Esta moda narcisista,favorece um futuro feio:dentro de poucos meses,lá vão todos aderir a essa merda e a achar aquilo um acessório indispensável de viagens!!!
Em primeiro lugar,ninguém vai chamar isso de suporte mas sim de "pau",um termo constrangedor associado a algo impróprio;segundo,pode-se optar por chamar bastão mas só se gostar de paulada (da polícia);terceiro,não dá para fazer poses e quarto,um dia mais tarde vão olhar para trás e quererem se livrar disso e das selfies.
No geral,perdeu-se a noção do bom gosto,da normalidade,do bom-senso e os registos dos momentos passaram a ser deselegantes,brejeiros e patéticos.Daqui a nada,lá vão os amantes da tecnologia andar a exibir os suportes nas ruas e a incomodar gente em espaços públicos.
O suporte para selfies não é equivalente a um tripé:este último serve para pousar a câmera num sítio estratégico e apanhar o cenário para todos aparecerem decentemente,enquanto o primeiro é uma espécie de bengala extensível para suspender o engenho no ar,como se houvesse uma deficiência.
Se dantes não tinha qualidade,não vale a pena imaginar o degredo que vem agora com um pau no meio da foto,hahahahahahahaha!!!
A glorificação desta ridicularidade atinge um patamar esquizofrénico!As pessoas precisam de reaprender a viver em sociedade e não de invenções facilitadoras!
O próximo apocalipse tecnológico é falar de paus à vontade...sem perversidades.

Sem comentários:

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .