sábado, 19 de julho de 2014

Egos e afins...


Após verificar alguns vídeos do Gustavo Santos,nem sei por onde começar.
Antes de tudo,ele fica bem a trabalhar na televisão não tinha nada de mudar de ramo;em segundo,um actor de telenovelas a fazer discursos motivacionais e editar livros de auto-ajuda fica estranho;terceiro,pessoas de hierarquia alta devem ter sempre grande responsabilidade com o que disseminam,pois vão influenciar muita gente (com mente fraca) e por último,nessa profissão convém ser o mais autêntico e claro possível,pois para ser uma espécie de guia convém usar a intuição,algo que ele não tem.
Analisando a forma como aparece,nota-se à distância que foi ensaiado:depende da "linguagem gestual" para captar a atenção (ou distrair) em vez de usar como complemento,apresenta uma imagem de homem confiante justamente para enganar o público,transmite uma mensagem pouco credível e o tom de voz é convincente para compensar a falta de experiência de vida.(ou melhor,para ocultar o vazio cerebral)
Vamos agora desconstruir algumas expressões dos seus vídeos:
- "o eu tem de estar sempre acima de todos,eu estou em cima,os outros estão abaixo de mim." (ou algo do género)
Se ele se refere no sentido de independência emocional,concordo porque chama-se amor-próprio;se for no sentido físico,ele deve julgar ser Deus.Portanto,que vá viver sozinho para a selva se não quer ser mal-interpretado.

- "O amor da minha vida sou eu,ponto final parágrafo".
Esta expressão é um dos clichés usados para falar sobre o amor,dita por outras palavras.
É por este princípio da individualidade que toda a gente se baseia,querendo ser uns superiores aos outros,devido à gentalha como o Gustavo que acha isso certo.Era escusado reforçar porque ninguém sabe nos dias que correm o que é o altruísmo,sobretudo,dar e receber,isto sim é enriquecer e ser realizado mas enfim,são sinais de valores considerados ultrapassados.

- "A nossa mente chama-se mente porque nos mente todos os dias."
Só se for a dele porque não tem pensamento e por outro lado,depende dos exemplos que se der como essa do beijo.

- "Só as pessoas que se amam têm a capacidade de se pôr acima de todas as outras na sua vida"./"Ninguém é tão importante como eu,jamais."
Está muito mal-esclarecido,isso chama-se ego ou então narcisismo.O amor-próprio é consciente,racional e reconhece como os pequenos actos positivos ao próximo fazem a diferença!!!

Estas foram algumas expressões retiradas aleatoriamente.
Esse cara de cão não tem capacidade para ser "life coach":não desenvolve as ideias,fala depressa,tem o conceito de egocêntrico distorcido e não demonstra estar na realidade.
As perspectivas são demasiado limitadas.Ele parte logo para exemplos pessoais,precisamente por não ter uma visão global própria para partilhar.
Geralmente quem nunca usa os neurónios,decora lições de moral (clichés) que vai lendo/ouvindo por aí para incentivar os outros e eles acreditarem que essa pessoa está a dizer uma novidade quando no fundo precisam de serem revistas e reformuladas fora da caixa.
Em conclusão,nesta profissão não devia ser autorizada gente que vende filosofia barata.

Sem comentários:

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .