segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Conselhos de ouro para os desesperados

Ao navegar nos arquivos de um site de entretenimento,apanhei um vídeo que me chamou a atenção.
Um padre evangélico durante o sermão,enumera 10 conselhos para pessoas solteiras;lógico que não é nenhuma novidade,pois já houve imensos psicólogos que apareceram em vários programas de televisão a darem dicas semelhantes e muita gente disseram o mesmo.
Não digo que estejam errados,só não se deve acreditar logo porque às vezes são parvoíces.
Entre tudo aquilo que ouvi,vou expor em seguida de modo aleatório alguns pontos retidos.(vão na cantiga,vão,vão XD)

1 - O solteiro que quer conhecer alguém,deve sair com casais para ter mais hipóteses de ser apresentado a outra pessoa.
Conselho estupidamente humilhante e insólito,é como se não bastasse levar o rótulo de segurador de velas como se devesse ter também um amor através de uma amizade em comum.Ao longo dos tempos,isso sempre foi visto como algo constrangedor e agora é ao contrário?!Ai se for levado à letra...
Não sei se são as pessoas ou se é da nacionalidade mas geralmente os homens portugueses não têm iniciativa,são resmungões e não são receptivos,daí se procurar o meio mais fácil.Enfim acho impossível estar equilibrado quando os amigos comprometidos ignoram os solteiros...

2 - Quem não é visto,não é notado
Conselho inútil,a não ser que a pessoa queira um amor platónico.Poucos se dão ao trabalho de meter conversa decente com alguém,o resto é foleiragem.

3 - Cuidado da maneira como se veste
Pois é,cá está o problema:já ninguém gosta de mistérios por isso é que se perdeu o encanto.

4 - Dêem-se a conhecer
E deixem de ser uma caixa de segredos logo à primeira.

Resumindo o tema:actualmente as pessoas que procuram algo sério,estão na casa dos 40 já com vida estável a longo prazo,independentes,com maturidade emocional e precisam de uma pessoa da mesma faixa etária para os acompanharem na chegada da velhice.
Falar de uma vida a dois,é uma ideia terrivelmente assustadora para a maioria dos jovens adultos,pois na cabeça deles só cabe aproveitar o momento com os amigos e embriagarem-se com outras loucuras.

Sem comentários:

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .