segunda-feira, 10 de junho de 2013

Mundo perdido

O tema de hoje vai ser sobre uma constatação um bocado aprofundada sobre o frequente mérito pela imagem,para não ser sempre repetitivo e aborrecido.
Tenho verificado que muitas meninas que se tornam populares são adolescentes.Um exemplo disso é um caso recente de um perfil ou notícia que andou a circular em toda a plataforma,intitulada de:"menina considerada a mais bonita do facebook",ou,"a mendiga de likes".
Esta é uma alguém que tinha o objectivo de ganhar o maior número de likes porque afirmava não precisar de exibir o corpo para ser bela.Até chegou a publicar uma foto (ou vídeo) a chorar por ser gozada pela cara.
Ora bem,primeiro temos aqui a questão de ser menor.Em vez de se preocupar em ser alguém,ela só pediu para sofrer de cyberbullying;em segundo,acabou por ser vulgar (lógico,já era de esperar é só mais uma);em terceiro,a imagem está tão denegrida que até foi parar a sites de humor por se pensar que a figura foi manipulada;em quarto lugar,a visada (ou terceiros) criou tantos perfis e páginas com nomes diferentes que não se sabe qual é o verdadeiro e por último,essa retardada deve ter más notas na escola porque escreve mal português!
É claramente alguém que procura aprovação a toda a força,expondo-se cada vez mais e fazendo discurso de vítima porque se fosse inteligente,ia ver que ninguém pode agradar a todos.E a estratégia dela é um jogo para aumentar a visibilidade.
Por outro lado,já imaginaram se cada menina da rede social fizesse a birra que ela faz para ser reconhecida?Há meninas lindas de qualquer nacionalidade,e além disso uma pessoa assim revela que no fundo gosta de ser falada.Uma vez as fotos divulgadas e partilhadas por aí a fora,já não há volta a dar.
O certo é que a fulana também é maleducada e infantil,pois julga-se superior às outras só porque teve tamanha repercussão.
E mais:os membros podem elogiá-la as vezes que quiser no ecrã e na realidade podem estar a escarnecerem,pois ela está numa fase vulnerável.
Dantes quem se comportasse desta forma,dizia-se que era falta de amigos,falta de vida ou falta de amor-próprio mas agora constatei mesmo a estranha mudança de paradigma.
Em conclusão:o mundo está tão perdido que poucos respeitam ou dão atenção a quem realmente merece.

Sem comentários:

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .