segunda-feira, 27 de maio de 2013

Feminismo irritante

Não há nada mais irritante que os movimentos feministas.
Organizar marchas a pedir para serem respeitadas em trajes menos próprios (ou não),não resulta nada!A única maneira de haver progressos é partindo da sociedade, reeducando-se para os valores morais e actuais porque a maior revolução começa dentro das mentes e não com cartazes.
Quanto ao modo de vestir,também não entendo nada:ao longo do tempo,um visual demasiado arrojado sempre foi reprovado até mesmo com os consultores de moda e imagem que diziam que quando uma parte do corpo está exposta,a outra tem de ser mais composta para não dar ar de vulgar.
Agora surgem um bando de estúpidas todas ofendidas a afirmarem que isso não é um convite,usando mais uma série de desculpas...só podem estar a gozar!!!
Que eu saiba,o visual aberto continua a ser um apelo e além disso o estilo de alguém tem de estar principalmente de acordo com a idade e personalidade,caso contrário,corre-se o risco de ser julgado erradamente.(as primeiras impressões são sempre muito importantes em qualquer ocasião)As coisas têm de serem feitas por conta,peso e medida.Enfim,tem de corresponder com aquilo que a pessoa é e não porque está na moda.
Por outro lado,eu penso que estas falsas-moralistas devem ser as mesmas que se exibem o face e as primeiras a se oferecerem.
Um dos lemas polémicos é:"se eu tiver pêlos,não me critique".Hahahahahahahaha essa é boa,então porque não vão peludas para a praia?
Uma das ideias absurdas das feministas,é acabar com Barbies e princesas e passar a transmitir a adoração às mulheres icónicas da história.
Tudo é necessário para a pessoa crescer,desenvolver a cognição e formar os seus próprios juízos de valor!!!A criança tem de ter consciência da realidade em que vive.Adoptar uma visão radical,só vai contribuir para a ignorância e o objectivo de ser reconhecido como algo mais que uma revolução,está longe de ser alcançado.
Uma coisa é certa:a televisão vai continuar a bombardear com a imagem de mulher objecto em qualquer circunstância,os meios de comunicação vão continuar a darem ênfase ao aspecto físico e a música não vai ficar atrás.
É assim que a cabeça masculina foi moldada.Cabe ao resto das pessoas aprenderem a lidar contra esses padrões e estereótipos inúteis implantados diariamente em todo o lado.
Notei que o movimento defende-se com argumentos vagos,o nome não transmite coerência e a ideologia é bastante pobre,pois não fundamentam o sentido das frases fazendo com que tenha pouca credibilidade.
Ainda bem que "vozes de burro,não chegam aos céus".

Sem comentários:

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .