quinta-feira, 24 de março de 2011

Terapia do elogio

Encontrei no fórum da aeiou um texto que toca a realidade e de como as palavras podiam ser minhas.
por BebeDouro (clique para ler mais)

Isto que vou relatar é o meu ponto de vista.
Os elogios até podem estar presentes no dia-a-dia,o problema é que muita gente não sabe para onde canalizar ou então elogiam as pessoas erradas.
Não me refiro a elogios sobre o aspecto físico,não,nada disso.Estou a referir os elogios de poder,por exemplo:eu cada vez mais vejo pessoas que valorizam quem têm carro,portáteis,emprego,dinheiro ou um curso enfim,pessoas que possuem todos os bens materiais e tenham uma certa independência.
Eu acho isso muito cruel de toda a gente elogiar alguém só porque é rico em bens materiais ao invés de reconhecerem a pessoa em si,suas qualidades e defeitos...é uma prova da decadência de mentalidades e da total falta de humanidade.
Pois então vejamos:se não possuirmos tudo o que a sociedade nos exije,o que nos resta?Nós,algum talento que tenhamos,porque a maior riqueza vem da alma.Pior que a pobreza financeira,é a pobreza da alma.(até há um provérbio do género)
Cito também esta expressão em resposta ao artigo do autor:"Com estranhos, é difícil. As pessoas são pouco receptivas. Se falamos, olham-nos com desconfiança. Se são mulheres, " estamos com inveja ", se são homens, queremos "qualquer coisa". Se forem casados... geralmente só falam se as esposas não estiverem por perto...
Não é muito fácil sermos simpáticas nos dias de hoje ( provávelmente sempre foi assim)." por Classica
Pois,infelizmente há gente muito tapada e muito estranha...não sei que hei-de escrever mais sobre a falta de elogios...só sei que muitos,para serem bem vistos,tentam alcançar o poder,caso contrário ninguém liga!
Ui,acho que afastei do tema mas sei que está tudo relacionado.

1 comentário:

ROSINHA (tilida5ever design) disse...

Temos que saber como e quem elogiar...

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .