sábado, 19 de setembro de 2009

Definição de amor

Boa tarde a toda a comunidade blogger e principalmente aos meus seguidores.
Hoje venho lançar uma mensagem acerca da definição do amor. O que é para vocês o amor?Qual é o grau de significado que atribuem a este sentimento?
Pois é, as opiniões variam mas a minha diverge.
É muito bom ouvir elogios, faz muito bem ao ego, ao alto-astral e é sinal que estamos a ser vistos pelos outros.Quando os elogios são muito exagerados e sem controlo, chama-se louvoures;e já passei por isso. Confesso que senti uma deusa desnorteada!
No meu caso é com um simples elogio que me sinto estimada mas simultaneamente mal-amada.
O que eles vêm em mim é amor físico, aquele amor muito seco e vulgar e onde não há mais nada à mistura. É claro que não é isto que quero!Para eu sentir o amor verdadeiro, tem de haver também os outros campos sentimentais à mistura como o psicológico,social e cultural. Sempre a dar e receber amor e trocar conhecimentos da vida um do outro civilizadamente. É assim que funciono,é a isto que chamo amor. Sei que não existe porque já não existem famílias conservadoras e os jovens não têm noção do que fazem nem de como deve ser cultivado e canalizado o amor.
O amor é muito bonito quando há consideração pelo outro e quando uma pessoa consegue cumprir impecavelmente a palavra.
Mas agora devo confessar que o amor já me deixou "vagabunda": afoguei nas minhas lágrimas, sofri na minha sombra, andei enterrada na minha solidão e andei tão perdida no meu desgosto que até fiquei forte como uma carapaça e já nem ligo a nada que venha da parte deles. Não vale a pena!Eles dirigem-se da mesma maneira a todas que aparecem pela frente e dizem o mesmo!Não há controlo nenhum!
O amor que tenho para dar é puro,romântico e maduro; é por isso que o meu nome fictício é Romanticida, (romântica+suicida) vivo intensamente o amor, assim como a morte também é dura ( dualidade amor- morte, os dois sentimentos extremos).Eu sou emotiva e eles confundem-me com mimada e infantil.
O amor também é como um jogo: toca e foge,esconde-se e "brinca-se" aos apanhados.
Atenção: devo lembrar que este sentimento é muito subjectivo!
Desculpem,mas para mim o amor não é só palavras...pois este sentimento é poderoso e difícil de descrever.
Se o amor foi feito para respeitar a natureza e os defeitos do próximo,porque comigo não acontece o mesmo? Até os deficientes são bem tratados!
Muito obrigada pela atenção e não se baralhem com esta mensagem como eu baralhei enquanto escrevia nem com o amor porque isto é natural e não podemos mandar no coração.

Sem comentários:

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .