segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Discurso de fim de ano

Boa tarde minha gente como vão e como foi o vosso ano?
Voltei aqui hoje para fazer um balanço de como correu 2010 e as minhas expectativas para o novo ano.
2010 foi um ano atribulado mas infelizmente tive pouca sorte na reputação.
Este ano que está na recta final,lidei com todo o tipo de gente:maldosa,falsa,louca,ignorante,intrometida,polémica e com o alter-ego insuflado.
Mas também consegui as minhas pequenas vitórias,os tais objectivos pessoais.
Quanto a 2011:quero encontrar a luz ao fundo do túnel,ou seja,desejo encontrar trabalho de uma vez por todas carambas,pois "quem semeia ventos,colhe tempestades" e é isso que devia ter acontecido.

E quais são as vossas expectativas para o novo ano?

Sem comentários:

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .