sexta-feira, 20 de março de 2009

A caminho da recta final

Boa noite a toda a comunidade blogger!
Apareci hoje para postar um excerto do meu diário acerca da disciplina de área projecto.
Eu estou muito desencantada e desanimada quando penso em a.p. que até fico sem vontade de comer.
Elas as duas conversam muito como as tias de Cascais e a Joana está convencida de que está a fazer o trabalho teórico bem, mas a meu ver ela rejeita essencialmente o importante. (É mesmo parvalhona!). Depois de falarem muito,põem em prática as ideias e não conseguem gerir os vários trabalhos!Isto significa que só têm garganta e são zero de juízo!Elas dizem para eu intervir mais mas não vale a pena porque elas fazem na mesma tudo á maneira que elas entendem.Nós já recolhemos metade das sondagens e a outra metade do calhamaço ficou pendente. Depois elas colaram nos pavilhões os cartazes da publicidade acerca do tema da discriminação.
Como o tempo já se torna escasso, eu aposto que vai ficar metade do trabalho por fazer...elas só produziram resmas para enganar a stôra e fizeram sem pensar!!! (estão convencidas de que vão dar nas vistas,coitadas dessas merdas)
Eu agora quero ver como é que elas (ou nós) vamos conseguir contar todas as sondagens e os trabalhos de escrita e ter tudo pronto a tempo antes da apresentação final...a Joana vê-se mesmo que fala sem pensar e pensa que o mundo gira á sua volta,estúpida da merda! (todos os trabalhos deviam estar sujos para ela chorar como um crocodilo,uma vez que é muito perfeccionista e julga estar num mundo cor-de-rosa)Devia levar uma valente bofetada para ver se deixa de ter a mania da perseguição...nem um discurso sabe preparar num português decente e nem valia a pena quando fomos de sala em sala.Foda-se, caralho raios partam estas tentativas de se fazerem sobressair ( a começar pelo nome do nosso grupo, "Neutrae imagines"!)
Como vamos entrar em férias mais cedo por causa da mudança dos pavilhões, ainda os stôres não sabem exactamente o mapa do novo e de como vai funcionar.Dizem que vai ter um anfiteatro e mais não se sabe. Visto de fora, parece faltar muito para acabar...(era tão bom se não chegássemos a apresentar oralmente!!!) nós este ano estamos em condições especiais e devia haver mais tolerância nas apresentações de a.p.
E a nossa d.t. está completamente "irreconhecível", só sabe mandar fazer mais trabalhos, nem pega no portfólio para ver por dentro!Cota do caraças.Depois vem queixar que o nosso não tem os registos a vermelho.O resto também deixa tudo por nossa conta, assim tudo sem mais nem menos. No dia seguinte vem-nos pedir um trabalho ou relatório feitos da noite para o dia e não quer mais desculpas... então e aquelas aulas onde não fizemos nada e aquelas perdidas com histórias pessoais fúteis que a cota permitiu?
Francamente, este ano a d.t. "não é a mesma"!!! É por isso que está tudo no sistema anárquico e ninguém se entende!
Eu tenho quase a certeza de que se eu estudasse no colégio interno, teria óptimos resultados e nada disto havia de acontecer...estou bastante amargurada com o meu destino...é como se Deus nunca me ouvisse!
Porque será que o ensino nas escolas públicas tem vindo a degradar-se (e pelo menos na minha de tempos em tempos há um aviso a circular acerca dos alunos que levaram conselhos disciplinares)e nas privadas nem uma queixa se ouve? Agora nas escolas quem se safar safou, o resto que se cuide porque os stôres são ignorantes como o caralho.
Gostava mesmo de saber se num colégio os stôres dão confiança aos alunos de uma maneira como a d.t. (eu aposto que não...) eu sempre quis aprender como deve ser...mas enfim, Deus é que manda.

Sem comentários:

"O discurso é o rosto do espírito." Séneca
"A vida é uma simples sombra que passa (...);é uma história contada por um idiota,cheia de ruído e de furor e que nada significa." William Shakespeare
"O homem que não tem vida interior é escravo do que o cerca" Henri Amiel
"É bom escrever porque reúne as duas alegrias: falar sozinho e falar a uma multidão" Cesare Pavese .